03/02/2016
Por Leandro Piccini *
Sarah resolveu começar um projeto novo em sua vida, estudar para passar em um concurso. Começou a se dedicar, todos os dias estudava uma média de 2 horas, fazia revisões, resolvia questões, utilizava técnicas de estudos. Sarah estava animada.
Para aproveitar seu rendimento, Sarah diminuiu a saída para festas, ela ainda saía, mas em uma frequência menor. Quando estava junto dos amigos, a conversa era a mesma de sempre, a decisão dela em estudar para concursos, e sempre nas conversas ela falava: “Sei lá, acho que não vou conseguir, está muito concorrido”.
Sarah estava cometendo o pior erro que um concurseiro ou estudante pode cometer. Ela estava cultivando uma atitude mental negativa! Passava horas estudando, mas ao final não acreditava que poderia ser aprovada. Sarah sofre com a mentalidade da reprovação.
Você também comete o mesmo erro de Sarah? Também estuda, mas ao final não acredita que conseguirá ser aprovado? Tem medo dos resultados? Neste artigo, vou explicar porque uma atitude mental positiva faz com que você aumente suas chances de aprovação. Ao final, vou ensinar a desenvolver a atitude mental correta para ser aprovado.
# Porque muitos estudantes e concurseiros têm uma mentalidade negativa?
“A mente é como um velcro para experiências negativas e teflon para as positivas“ (Rick Hanson)
Se você se identificou com Sarah pode ficar tranquilo, não é um problema unicamente seu, na verdade esse é um problema que herdamos de nossos antepassados primitivos.
Em um artigo interessante sobre o viés negativo da mente o psicólogo Rick Hanson explica por que temos essa atitude negativa:
“Nossos genes foram repassados pelos nossos ancestrais que viviam atrás de alimentos e evitavam os predadores. Aproximar-se de algo e evitar o outro. O problema é que era preciso estar muito mais atento aos predadores do que ao alimento, pois se você não encontrasse alimento hoje, amanhã poderia tentar, mas se um predador te pegasse poderia ser a última vez, por isso esse viés negativo do cérebro de prestar atenção ao que é nocivo”. (Rick Hanson)
Veja só! Algo extremamente útil para nossa sobrevivência no passado é o que torna a vida de muitos estudantes e concurseiros difícil hoje. Se fizer uma comparação com a realidade atual, um dos principais motivos para a mentalidade negativa é o medo da reprovação.
Se você já teve alguma experiência ruim ao ser reprovado em um concurso, isso minou sua mentalidade positiva, e agora o medo tomou conta de você. Tudo o que você passa a ver é a reprovação, você não consegue visualizar um cenário positivo de aprovação. Por isso essa mentalidade é conhecida como mentalidade da reprovação.
# Como saber se eu tenho uma mentalidade de reprovação?
Se você possui algum desses “sintomas” abaixo é muito certo que você tenha a mentalidade da reprovação:
- Tenho medo de reprovar e de fracassar.
- Tenho medo de decepcionar meus pais, parentes ou cônjuge.
- Tenho medo de nunca passar em uma prova ou concurso.
- Por mais que eu estude, eu sempre acho que não estou preparado.
- Não me acho capaz de assumir um cargo público ou ser aprovado na faculdade que desejo.
- Não me acho capaz.
“O cérebro passa a focar nas emoções negativas, exatamente como os ancestrais faziam. O que era útil no passado permaneceu”. (Rick Hanson)
# Medo de reprovar e medo de fracassar
O medo é um dos principais deflagradores da atitude mental negativa. O medo de não ser aprovado ou do fracasso é o que faz com que muitas pessoas fiquem inertes, desistam de estudar ou mesmo não consigam resultados com seus estudos.
O medo é algo irreal, ou seja, não existe. Ele está unicamente em sua mente, o medo é como um companheiro indesejado que muitas vezes fica dando palpites onde não foi chamado. Por exemplo, você pensa em estudar e o medo sutilmente lhe diz, “pra quê estudar? Você não vai passar mesmo”.
# Passos para acabar com o medo da reprovação e do fracasso
Passo 1 – Pare agora e pense por um pouco sobre seus medos, quais são eles? Medo de reprovar? Medo de fracassar? Enfim, pense um pouco sobre os medos que você tem. Escreva em uma folha todos os seus medos. Conforme o exemplo:
Meus medos
- Medo de reprovar
- Medo de decepcionar a família
- Medo de nunca passar em um concurso
- Medo de não acertar nenhuma questão
Passo 2 – Para cada medo que escreveu na folha, coloque uma atitude que você deverá fazer a partir de agora para erradicá-lo.
Por exemplo, se você escreveu “medo de reprovar”, coloque em frente, “me dedicar mais aos estudos para conseguir a aprovação”, veja o exemplo:
Meus medos
1) Medo de reprovar
2) Medo de decepcionar a família
3) Medo de nunca passar em um concurso
4) Medo de não acertar nenhuma questão
Ações
1) Me dedicar mais aos estudos para conseguir a aprovação
2) Conversar com minha família sobre os meus planos
3) Estudar com foco para ser aprovado no concurso
4) Praticar as provas anteriores
# Porque esses dois passos funcionam?
O que eu quero que você faça aqui é perceber quanto o medo é algo irreal, ele não existe. Muitas vezes te impede de seguir em frente ou de ser aprovado, mas na verdade são apenas fantasias.
Quando você olha seus medos e propõe uma ação prática, você está colocando algo real a ser feito a partir de agora para que o medo não se torne realidade. Agora você não está mais apenas sentindo medo, está agindo para conseguir o que deseja.
Mas ainda falta o principal! O ingrediente para que você consiga vencer o medo é a atitude mental positiva, o que eu chamo de mentalidade da aprovação. É ela quem irá blindar sua mente contra o medo, mas antes quero te mostrar porque ela é importante.
# Por que a mentalidade positiva é importante para a aprovação?
A atitude mental positiva não é apenas útil no combate ao medo, é também importante para sua motivação e também para um melhor aprendizado.
A pesquisadora americana Bárbara Fredrickson fez uma pesquisa onde vários grupos assistiram a diversos filmes. Uma parte assistiu filmes sobre alegria e felicidade e a outra parte, sobre medo e raiva.
Ao final da sessão, cada grupo deveria escrever uma carta contando suas expectativas em relação ao futuro. O resultado foi bem interessante.
“A pesquisa percebeu que as pessoas que assistiram filmes de felicidade, estavam muito mais confiantes em relação ao seu futuro do que os grupos que viram filmes de medo ou raiva”. (Bárbara Fredrickson)
Essa pesquisa revela que uma atitude mental positiva, no caso ocasionado pelo filme de felicidade, é responsável por uma maior motivação. Quando você está bem consigo mentalmente, é capaz de acreditar que tudo dará certo, uma excelente forma de erradicar o medo.
Em outra pesquisa, Michael F. Scheier, psicólogo da Carnegie-Mellon University, em Pittsburgh, descobriu que os otimistas conseguem lidar melhor com o estresse que os pessimistas.
Scheier descobriu que os otimistas, quando estão em frente a contratempos e decepções, são mais propensos a desenvolver planos de mudança e melhorarem suas perspectivas.
Já os pessimistas preferem esquecer o problema ou tomar atitudes de inércia. Preferem não fazer nada, aceitando isso como uma derrota.
# Você percebeu?
A atitude mental tem um impacto real em sua motivação, sobretudo quando você tem que lidar com a reprovação. Todo concurseiro ou estudante sabe (ou pelo menos deveria saber) que a reprovação nada mais é que um contratempo para se alcançar a aprovação.
Você acha que existe alguma pessoa que apenas teve aprovações em toda sua carreira? Mesmo que exista, essa pessoa está fora dos padrões. A grande maioria tem que lidar com muitas reprovações antes de conseguir a aprovação desejada.
Desenvolver uma mentalidade positiva é garantir que você se manterá motivado e estudando até conseguir a aprovação, é ideal inclusive para que você desenvolva os hábitos de estudos.
Agora que você já percebeu a importância do otimismo, vou te explicar como a mentalidade da aprovação ajuda você a ter melhor resultado em seus estudos.
# O que é a mentalidade da aprovação e como desenvolvê-la?
A mentalidade da aprovação é atitude mental que ajuda estudantes e concurseiros a se manterem motivados e com um melhor desempenho nos estudos e aprendizado. Ela ajuda a superar obstáculos como a reprovação.
Importante: Mentalidade de aprovação não significa que você passará em um concurso apenas sentado em uma cadeira mentalizando. Pelo contrário, ela só tem efeito se você estiver estudando e se dedicando de verdade.
Um estudante ou concurseiro que possui a mentalidade da aprovação não tem medo de estudar e está ciente da sua capacidade de aprovação.
Além disso, a mentalidade da aprovação tem como base o otimismo, essencial para um melhor aprendizado, devido sua alta influência nas atividades neurais.
A pesquisadora e Ph.D. Teresa Aubele apontou os principais benefícios do pensamento positivo:
- Estimula o crescimento de ligações nervosas.
- Melhora a cognição mental, aumentando a produtividade.
- Melhora a sua capacidade de analisar e pensar.
- Afeta a sua visão do todo.
- Aumenta a atenção.
- Leva a pensamentos mais felizes.
# Percebeu como a mentalidade da aprovação é importante?
Estudantes e concurseiros que cultivam esse tipo de mentalidade obtêm resultados em menos tempo que os que possuem a mentalidade da reprovação.
# Como desenvolver a mentalidade da aprovação?
Agora chegou o momento de transformar sua mentalidade de reprovação em mentalidade de aprovação. Pegue um papel, uma caneta e faça cada um dos passos abaixo. Até o final você começará a desenvolver a mentalidade da aprovação.
Passo 1: Tomada de consciência
O primeiro passo é a tomada de consciência. É saber reconhecer que você tem uma mentalidade de reprovação. Para saber disso você primeiro tem que ler no texto e reconhecer alguns “sintomas” da mentalidade da reprovação.
Logo após lê-los, você irá escrever em uma folha todos os sintomas que você possui, sejam eles medo da reprovação, medo do fracasso, etc. Para te ajudar veja o exemplo:
1 – Não sei se consigo ser aprovado, por mais que eu estude, não me sinto confiante, tenho muitos medos. De fracassar, errar, reprovar… Também não tenho me dedicado tanto aos estudos.
Passo 2: Razões porque você merece ser aprovado
Após fazer sua tomada de consciência onde você escreveu todos os seus medos, chegou o momento de você compreender por que você merece ser aprovado.
Essa dinâmica o ajudará a abrir seus olhos para suas capacidades e para a base da sua atitude mental positiva. Além disso, o ajudará a perceber seus reais motivos para ser aprovado em uma prova ou concurso.
Escreva em uma folha quais as razões que você merece ser aprovado em um concurso. Veja o exemplo:
2 – Mereço ser aprovado porque sei que gosto da profissão e que minha colaboração é importante no cargo. Além disso, sou uma pessoa correta e batalhadora, ao assumir esse cargo, eu ajudaria muitas pessoas.
Guarde suas razões em um local onde você possa lê-las sempre. Elas serão como um antídoto para sempre que você começar com sentimentos de medo e derrota. É só você ler suas razões para mudar sua mentalidade.
Passo 3: Escreva um resultado de sucesso
Para ajudar você a mudar sua mentalidade é importante que você já se visualize tomando posse do cargo que deseja ou sendo aprovado em uma prova.
Para isso, você deverá criar uma situação no futuro, onde está aprovado. Seja bem detalhista e escreva como será o dia da sua aprovação. Tente visualizar tudo, desde a reação das pessoas próximas e tente sentir o sentimento de satisfação ao ser aprovado.
Observe o exemplo:
“Dia 05 de junho de 2016, acabou de sair meu nome no edital. Estou muito contente com minha aprovação. Acabei de ligar para minha mãe e ela chorou de alegria. Estou tão contente que não consigo descrever, hoje eu vou comemorar!”
Guarde essa visualização com você. E sempre que você estiver para baixo ou com pensamentos negativos, leia e tente se imaginar na cena que você descreveu.
# Mantendo a Mentalidade da aprovação
Agora que você já deu os primeiros passos para desenvolver a mentalidade da aprovação, chegou a hora de mantê-la. Para isso, você usará essas 6 dicas simples, que o manterá sempre positivo em relação a si mesmo.
1) Sorria
Nada melhor do que sorrir para mudar uma mentalidade. Pode fazer o teste! Sempre que começar a ter pensamentos negativos, dê uma risada. Você perceberá que seus pensamentos começarão a mudar.
Sorrir é uma ação que transforma sua atitude mental. Por isso, use sempre essa dica e mantenha um sorriso no rosto. É o que todo estudante ou concurseiro com a mentalidade da aprovação faz.
2) Leia frases de motivação
Em dias de desânimo, algumas frases de motivação o ajudarão a seguir em frente. Leia algumas para ajudar a manter sua mentalidade positiva.
3) Mantenha o controle de seus pensamentos
Você deve ter controle sobre seus pensamentos. Não deixe que pensamentos negativos e de medo tomem conta de você. Mantenha-se firme e cultive sua mentalidade positiva.
Seja rápido ao perceber que uma mentalidade negativa está se aproximando, transforme-a rapidamente em um sentimento positivo. Evitar pensamentos negativos ajudará você nos seus estudos e no aprendizado.
4) Músicas
Escutar uma música que te anime também ajudará a manter uma mentalidade positiva. Se você estiver se sentindo com medo ou negativo, pare um pouco pegue seus fones de ouvido ou seu som e ligue em uma música que te deixe “pra cima”. Essa atitude vai te ajudar a modificar sua mentalidade.
5) Ajude alguém
A melhor maneira de manter uma mentalidade de aprovação é ajudando alguém. Compartilhe seu conhecimento com algum amigo ou colega. Ajude alguém que está com dificuldade.
Quando você ajuda alguém você entra em um campo de otimismo, onde sua autoestima aumenta e você se sente mais motivado e positivo para realizar suas atividades.
6) Estudantes e concurseiros positivos ao seu lado
Esteja sempre próximo de pessoas positivas. Pessoas com mentalidade negativa tendem a afastar os outros. Ninguém gosta de ficar perto de sujeitos pessimistas.
7) Forme um grupo da mentalidade de aprovação
Esse grupo vai ser de ajuda mútua a todos para que consigam ter uma mentalidade positiva e que ajude um ao outro no aprendizado.
# Conclusão
Você conseguiu perceber todos os benefícios da mentalidade da aprovação? Ela não ajuda somente a ter mais autoestima ou perseverança, mas também tem um impacto direto na qualidade do seu aprendizado.
A mentalidade da aprovação é o fator principal que o ajudará a ter maiores chances de aprovação em uma prova ou concurso. A receita básica é preparação por meio dos estudos e a mentalidade da aprovação.
Espero que esse texto tenha ajudado você a perceber isso e de agora em diante você faça da mentalidade de aprovação um hábito.
30/01/2016
Falta pouco mais de 3 meses para a prova do concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e para quem está em ritmo intenso de preparação, o blog do Espaço Jurídico traz algumas dicas fundamentais para otimizar o seu estudo!
Confira!
DIREITO PREVIDENCIÁRIO
Esta é com certeza a matéria mais importante deste concurso! Só para você ter ideia, no concurso que o órgão realizou em 2011, esta disciplina foi responsável por 67% do total da prova!
Outra coisa é que esta matéria é o segundo critério de desempate (o primeiro é a de candidatos acima dos 60 anos)
Por isso, dedique a maior parte do seu tempo para estudar os assuntos de Direito Previdenciário.
Dentre os conteúdos do edital, você pode focar nos seguintes:
- Lei 8.212/91, Lei 8.213/91 e Decreto 3.048/99;
- Artigos 194 e 195 da Constituição Federal;
- Muita atenção aos prazos de carência;
- Saiba os benefícios que não podem acumular (previstos no artigo 124 da Lei 8.213/91) o que não é proibido é permitido;
- Dê uma atenção especial aos benefícios previdenciários.
RACIOCÍNIO LÓGICO
- Os três principais assuntos são: Proposições, Porcentagens e Teoria dos Conjuntos.
- PROPOSIÇÕES: estude bastante as principais equivalências lógicas e negações de proposições compostas, e as propriedades das conjunções e disjunções. É importante saber também os principais conceitos de proposições, saber negar proposições e ter em mente os quantificadores lógicos.
- PORCENTAGENS: dominar regra de três é fundamental!
- TEORIA DOS CONJUNTOS: leia com muita atenção o enunciado e extraia a maior quantidade de dados possíveis! A correta interpretação do que a questão está pedindo é fundamental para você conseguir responder corretamente!
INFORMÁTICA
- Redes de computadores (topologia e escopo), Segurança da informação, além de Internet e Intranet (serviços, protocolos e regras de compartilhamento de dados) foram assuntos bem presentes em provas anteriores do INSS. É bom estuda-los com mais cuidado!
- Por se tratar, de uma autarquia federal, o INSS deve abordar, além dos softwares proprietários (Windows, Word e Excel), os softwares livres, como (Linux, Writer e Calc). Existem pequenas diferenças entre os dois tipos de softwares. Saiba quais são todas elas.
- Procure se inteirar sobre temas recentes e os que são alvo de ações governamentais, tais como a Lei 12965/14 (Marco Civil da Internet), os conceitos de Cloud Computing e Cloud Storage (computação e armazenagem e dados em nuvens)
DIREITO CONSTITUCIONAL
- O art. 5º da Constituição Federal costuma ser cobrado com muita frequência nos concursos públicos de modo geral. Dentre os dispositivos, procure dar uma atenção especial a: “Proteção às associações”, “Direito de reunião” e “Liberdade religiosa e filosófica”.
27/01/2016
Estão abertas até o dia 28 de janeiro as inscrições para o concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os interessados podem se inscrever no site da Fundação Getúlio Vargas.  Valor das taxas varia de R$ 49,00 a R$ 69,00.
Ao total, estão sendo oferecidas 600 vagas, sendo 460 para o cargo de Técnico em informações geográficas e estatísticas, 90 para analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatísticas e 50 vagas para tecnologista em informações geográficas e estatísticas.
O cargo de Técnico exige formação de nível médio e para concorrer às vagas de Analista e Tecnologista, as oportunidades são para quem tem formação em nível superior.
O Espaço Jurídico está ofertando um curso online para quem pretende fazer o concurso no cargo de Técnico. São 75 horas aulas divididas entre as matérias de Português, Geografia, Matemática e Conhecimentos sobre IBGE.
Valor promocional para quem fizer a inscrição no curso até o dia 15 de fevereiro! Não fique de fora dessa!
26/01/2016
A prova do concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) será realizada em maio e se você está concorrendo a uma das 800 vagas para o cargo de Técnico do Seguro Social, venha se preparar com a equipe do Espaço Jurídico.
Haverá turmas nas unidades de Boa Viagem (turnos da tarde e da noite) e na Boa Vista (manhã, tarde e noite). São mais de 50 encontros divididos nas seguintes matérias: Português, Informática, Raciocínio Lógico, Direito Administrativo, Direito Constitucional, Seguridade Social, Regime Jurídico único e Ética no Serviço Público. O aluno do curso presencial ainda tem direito ao curso online.
O curso consiste numa revisão teórica dos principais assuntos e resolução de exercícios. A partir do conteúdo programático previsto no edital, os professores trarão questões mais recentes realizadas pela banca Cespe. Ao total, são 41 aulas de 2 horas cada.
20/01/2016
O Espaço Jurídico existe há quase 17 anos e é, atualmente, uma referência de curso preparatório para concursos públicos. Além das duas sedes que possui em Recife (uma no bairro de Boa Viagem e outra na Boa Vista) oferece turmas online para todo o Brasil.
E não dá para falar no Espaço Jurídico sem contar um pouco da história de Manoel Erhardt, o fundador do curso.
UMA HISTÓRIA DE LUTA E CONQUISTAS
Manoel de Oliveira Erhardt nasceu em Gravatá, no Agreste de Pernambuco. Vindo de uma família simples, perdeu o pai aos 14 anos de idade. Estudou sempre em escolas públicas e foi classificado em primeiro lugar no vestibular do curso de Direito da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).
Ainda como estudante, foi aprovado em concurso para funcionário administrativo do extinto Instituto de Previdência dos Servidores do Estado (IPASE). Era o ano de 1974, quando tinha início a sua vida de servidor público que já dura mais de 40 anos. Em 1976, formou-se bacharel pela Faculdade de Direito do Recife. A partir daí, colecionou uma sequência de aprovações em concursos públicos, um total de 10!
Em 1987, foi aprovado em 2º lugar no concurso da Justiça Federal em Pernambuco, onde permaneceu por 20 anos como Juiz da 3ª Vara. Em 2007, foi promovido para o cargo de Juiz do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, cargo que exerce até hoje. É o único integrante do Tribunal que foi promovido por merecimento com origem na Seção Judiciária de Pernambuco.
“Sou um grande defensor dos concursos públicos como forma impessoal e democrática de selecionar servidores públicos e oferecer oportunidades de ascensão social e profissional. Dediquei-me intensamente à preparação para concursos, pois percebi que seria a forma mais viável para que uma pessoa com a minha origem obtivesse as melhores condições de êxito profissional. Acho importante que todos os agentes públicos percebam a beleza e a magnitude da função pública, seja qual for o nível em que é exercida. Servidor Público existe para servir ao público e deve tratar a todos com o devido respeito, procurando, cada vez mais, alcançar os melhores padrões de eficiência”, defende o professor Erhardt.
A PAIXÃO PELO ENSINO
Apesar de seguir carreira jurídica desse o começo, lecionar era uma paixão para o professor Erhardt. Em 1989 foi aprovado no concurso para professor da Faculdade de Direito do Recife, onde continua dando aulas de disciplinas como Direito Comercial.
Também lecionou em outras instituições privadas, como a Faculdade de Direito de Olinda, a Universidade Católica de Pernambuco, a Fundação do Ensino Superior de Pernambuco, além da Escola Superior da Magistratura.
Manoel acredita que nessa profissão é essencial manter um bom relacionamento com os alunos. “Não deixo sem resposta nenhuma pergunta que me é feita. Se não dominar o tema, procuro encaminhar para quem eu sei que domina e me esforço para dar alguma orientação. Esforço-me para acolher com respeito os que me procuram em razão das minhas atividades profissionais. Espero continuar por mais alguns anos a colaborar com a magistratura e com o magistério, enquanto perceber alguma utilidade na minha atuação”, ensina.
OS PRIMEIROS PASSOS
Tanta dedicação ao ensino não poderia resultar em outra opção: a pedido de seus alunos da UFPE, o professor Erhardt passou a oferecer turmas preparatória para concursos públicos.
Tudo começou em uma pequena sala da casa localizada na Rua Olavo Bilac, no bairro de Boa Viagem, onde atualmente funcionam os estúdios de gravação de Espaço Jurídico. A primeira turma era de Direito Administrativo e teve início em abril de 1999. Em seguida, vieram as turmas de Direito Constitucional e os cursos preparatórios para o Exame de Ordem dos Advogados. Sozinho, ministrava todas as matérias, com exceção de Direito do Trabalho.
Logo em seguida, houve um concurso do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) que ofertou muitas vagas e chamou a atenção de muitos candidatos. Decidiu, então, formar então turmas preparatórias para concursos, contando já com a colaboração de outros professores. O curso se tornou conhecido pela seriedade do trabalho e pelo excelente nível dos professores.
Enquanto Manoel dava aulas, a esposa Vera, cuidava sozinha de todos os aspectos administrativos. Aos poucos, os filhos André e Tiago foram se envolvendo também nesta função. Hoje é o filho Tiago que toma conta da parte administrativa.
O Espaço Jurídico começou a crescer e a oferecer diversos cursos preparatórios para os mais diversos concursos, dentre eles para os cargos de Juiz Estadual e Federal, Promotor, Procurador da República, servidores de Tribunais e Auditor-Fiscal. Hoje, além das turmas presenciais, o EJ também tem diversos cursos online para os principais concursos do País.
CONHEÇA NOSSOS CURSOS
18/01/2016
Tem início nesta terça-feira (19), o curso preparatório para o concurso do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). Há turmas na unidade do Espaço Jurídico de Boa Viagem (manhã e noite) e no EJ da Boa Vista (tarde e noite).
São mais de 70 encontros com três horas cada, onde os professores vão abordar os principais conteúdos e resolver questões. Todo o curso é montado com base no último edital e quando o novo concurso for lançado, caso haja alguma modificação nos conteúdos, o Espaço Jurídico mantém o compromisso de fazer as devidas atualizações, sem custos adicionais para os alunos.
DESCONTO AMIGO
Além de se preparar com a melhor equipe, você e seus amigos ainda podem ter descontos especiais no Espaço Jurídico! Se você indicar um amigo para fazer o curso, vocês dois ganham 5% de desconto. Se for você e mais dois amigos, cada um tem 10% de desconto. E se indicar mais 3 amigos, todos têm direito a 15% de desconto no valor do curso.
O que está esperando? Faça já sua inscrição!
14/01/2016
Está cada vez mais perto o lançamento dos concursos da Polícia Civil e da Polícia Militar de Pernambuco. O secretário estadual de Planejamento e Gestão, Danilo Cabral, afirmou que as seleções estão confirmadas para 2016 e que os editais devem ser divulgados nos próximos 45 dias, ou seja, no final do mês de fevereiro.
Para a Polícia Civil serão oferecidas 100 vagas para o cargo de Delegado, 500 para Agente e 50 para Escrivão. Ainda haverá 316 oportunidades para a Polícia Científica, sendo 73 para o cargo de Auxiliar de Legista, 96 de Auxiliar de Perito, 51 para Perito Papiloscopista, 40 de Médico Legista e 56 de Perito Criminal. A banca escolhida é o Cespe/UNB.
Já a Polícia Militar de Pernambuco deve divulgar uma seleção ofertando 1.500 vagas para Soldado. Ainda não foi selecionada a banca organizadora.
TURMAS INTENSIVAS PARA O CARGO DE DELEGADO
Têm início no próximo dia 19, os cursos preparatórios para quem quer concorrer a uma das 100 vagas do cargo de Delegado. Há uma turma no turno da noite, no Espaço Jurídico de Boa Viagem e duas turmas na unidade da Boa Vista: uma pela manhã e outra à noite.
Para a prova objetiva, haverá aulas de Direito Constitucional, Direito Administrativo e Estatuto dos Policiais Civis, Direito Penal, Processo Penal, Legislação Penal Especial, Medicina legal e Direito Civil. Já para a discursiva, o preparatório será para as disciplinas de Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Penal e Processo Penal
Garanta já sua vaga e venha conosco rumo à aprovação!
12/01/2016
O novo presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), o desembargador Leopoldo Raposo, já confirmou que o órgão vai realizar este ano um concurso para contratação de servidores. O edital deve ser divulgado em breve.
Está esperando o quê para começar os estudos? Uma promoção do Espaço Jurídico? Então aproveita esta oportunidade! O curso preparatório para o concurso do TJPE está com preço especial! Mas atenção, a promoção vai até hoje (12)!
Há turmas na unidade da Boa Vista (manhã e noite) e de Boa Viagem (tarde e noite). O aluno do curso presencial ainda tem direito a acessar o curso online.
Aproveite e faça já sua inscrição!
07/01/2016
O Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCE-SC) abriu um concurso que oferece um total de 50 vagas para o cargo de Auditor de Controle Externo. Há oportunidades para as áreas de Administração (5), Contabilidade (13), Direito (10), Economia (3), Engenharia Civil (10) e Informática (9).
Para concorrer ao cargo, o candidato deve ter formação superior na área pretendida. A remuneração, já incluindo os benefícios, é de R$ 11.607,42.
As inscrições no concurso podem ser feitas até o dia 03 de fevereiro, pelo site do Cespe/UnB. A prova objetiva será aplicada no dia 3 de abril.
06/01/2016
O tão esperado concurso do Instituto Nacional Seguro Social (INSS) já está com inscrições abertas! Isso significa que não mais nenhum tempo a perder, é preciso intensificar seus estudos!
O Espaço Jurídico está oferecendo uma turma isolada de Direito Previdenciário com o professor Robson Carvalho. A turma será no EJ de Boa Viagem, sempre aso sábados à tarde.
Alunos e ex-alunos do EJ têm desconto especial! Confiram!